PREPARAR FICHEIRO PARA IMPRESSÃO GICLÉE OU FINE ART

Preparar ficheiro para impressão giclée
Detalhe de “Narwhal” para Emma Lopes (www.emmalopesart.com) / Disponível para compra no ETSY

 

PREPARAR FICHEIRO PARA IMPRESSÃO GICLÉE – TIPOS DE ARQUIVO

  • Serve como conselho para “como preparar ficheiro para impressão giclée”, como servirá para algumas outras forma de impressão. Guarde sempre os seus ficheiros em formatos não editáveis ​​e prontos para a impressão como o TIFF, PDF, JPEG ou PNG (preferencialmente o primeiro);
  • Quando gravar o seu ficheiro não use os algoritmos de compressão sugeridos por programas como o Adobe PS ou outros. No caso do TIFF, cujo algoritmo mais famoso é o Lempel-Ziv-Welch ou LZW, disponível desde 1988, opte por “Sem compressão” ou “Unconpressed”;
  • Caso envie em JPEG, opte por gravar na qualidade máxima.
  • Não envie camadas (layers), sobretudo se tiverem fontes por rasterizar, paths, etc.;
  • Reduza tudo a uma camada (achatar imagem / flatten image) antes de enviar os seus ficheiros.

MODO DE COR

  • Aceitamos ficheiros em Adobe RGB, sRGB, etc.;
  • Se os seus ficheiros estiverem no modo CMYK, converta-os para RGB antes de os enviar para a Pigmento. Todos os ficheiros são passados em RGB ao software de impressão (ver pontos seguintes);
  • Não se preocupe, estamos muito a par de toda a imensa questão em torno do “complexo” do CMYK, da pre-impressão, do modo subtractivo e aditivo, de todas as histórias e mais algumas, mas há algumas coisas que deve saber antes de jurar a pés juntos que “CMYK é que é”. Na verdade, pode e deve usar CMYK em obras a serem enviadas para um serviço de impressão em 2 casos particulares, a saber:
    • 1) Tem a certeza absoluta de qual o perfil ICM para o qual a máquina de impressão está calibrada;
    • 2) Usa algumas cores especiais, onde problemas de halftoning e registo são muito mais importantes do que a fidelidade das cores, o que convenhamos, é excepcionalmente raro.
  • Em todos os outros casos, há um considerável risco de ter seus ficheiros CMYK convertidos para RGB (na verdade CIELAB) e, logo de seguida, novamente para CMYK, a fim de corresponder ao perfil ICM do fluxo de trabalho;
  • Os fluxos de trabalho modernos (RIP) são muito mais competentes na conversão RGB >> CMYK do que um processo realizado no seu software de eleição;
  • Pode anotar o seguinte: nunca trabalhe ou converta para o modo CMYK, a menos que tenha controlo total sobre todo o fluxo de trabalho (calibrado) e neste controlo, incluem-se as próprias impressoras.
  • O melhor perfil de cor a ser usado para isso é Adobe RGB ou sRGB IEC61966-2.1. Na Pigmento usamos máquinas de 12 tintas, temos uma valiosa gama de tintas à nossa disposição, não há razões para restringir.

PRETO E BRANCO

Graças ao tipo de máquinas que usamos, com capacidade para 12 cores e nas quais se incluem 2 cinzentos e 2 pretos, podemos imprimir o preto e branco verdadeiro, sem adição de cores para balanceamento dos cinzas. Quando efectuar a sua encomenda, poderá, por uma questão de redundância (e segurança) indicar que se tratam de imagens a P&B

RESOLUÇÃO

O “ideal” é uma resolução de 300dpi no tamanho de impressão desejado. Se a sua resolução não for alta o suficiente entre em contacto e tentaremos redimensionar (ampliação por interpolação) as suas obras com o mínimo de perda de qualidade.

As nossas impressoras não aplicam nitidez ou qualquer tipo de afinação desse tipo, mas geralmente avaliamos a necessidade de adição de nitidez na fase de pré-impressão e caso seja necessário adicionaremos nitidez à sua imagem. Entraremos em contacto se isso acontecer.

TAMANHOS MÁXIMOS

De momento imprimimos giclée de até 24″ / aprox. 60 centímetros de largura (na margem mais estreita), até 18 metros de comprimento (rolo). Gostamos muito de imprimir em A1, mas a verdade é que imprimiremos com toda a atenção e alegria desde o A5 até ao máximo do equipamento. 

Adicionaremos brevemente mais alguns equipamentos à Pigmento, alargando a oferta até ao A0. Fiquem atentos às novidades!

NOTA IMPORTANTE: Todas as impressões Pigmento são, por defeito, produzidas com uma margem branca. Esta margem ajuda na manipulação da obra imprimida, facilita o emolduramento, permite a numeração e assinatura e funciona como primeira barreira a danos na impressão. A probabilidade de um eventual dano na sua impressão tem uma esmagadora probabilidade de ocorrer na margem.

Impressões A2 e de maiores dimensões possuem uma margem padrão de 25mm; Impressões menores do que A2 até ao A4 possuem uma margem de 15mm; Do A4 até ao A5 possuem uma margem de 10mm. Do A5 até ao mínimo permitido, possuem uma margem de 5mm.

Podemos reduzir a margem, a pedido, mas dificilmente aconselharemos uma impressão sem margens, apesar de, fornecermos esse tipo de impressão e termos a perfeita noção de que alguns trabalhos assentam na premissa de margem zero.

Antes de processarmos qualquer encomenda, entramos em contacto consigo no sentido de confirmar a qualidade dos ficheiros enviados, formatos pretendidos, margens, portes, etc. Estamos sempre disponíveis através do email info@pigmentocoolectivo.com. Não se preocupe! É tudo realizado com muita calma e confirmado antes da produção propriamente dita.